<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d12697588\x26blogName\x3dPalavrArdente\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://palavrardente.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://palavrardente.blogspot.com/\x26vt\x3d9091287933922860388', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
PalavrArdente

SILVES, outrora capital do Algarve, hoje, capital da Palavra Ardente 

sexta-feira, junho 03, 2005

3:08 da tarde - Caminhemos Serenos


fotografia de Misha Gordin



Sob as estrelas, sob as bombas,
sob os turvos ódios e injustiças,
no frio corredor de lâminas eriçadas,
no meio do sangue, das lágrimas
caminhemos serenos.

de mãos dadas
através da última das ignomínias,
sob o negro mar da iniquidade
caminhemos serenos

sob a fúria dos ventos desumanos,
sob a treva e os furacões do fogo
dos que nem com a morte podem vencer-nos
caminhemos serenos.

o que nos leva é indestrutível,
a luz que nos guia connosco vai.
e já que o cárcere é pequeno
para o sonho prisioneiro
já que o cárcere não basta
para a ave inviolável
que temer, ó minha querida?
caminhemos serenos

No pavor da floresta gelada,
através das torturas, através da morte
em busca do país da aurora,
de mãos dadas, querida, de mãos dadas
caminhemos serenos.



Papiano Carlos ( 1918)

( sonhar a terra livre e Insubmissa)
em "800 anos de poesia portuguesa"
edição circulo de leitores, 1973


Enviar um comentário

© PalavrArdente 2005 - Powered for Blogger by Blogger Templates



Free Hit Counter