<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d12697588\x26blogName\x3dPalavrArdente\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://palavrardente.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://palavrardente.blogspot.com/\x26vt\x3d9091287933922860388', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
PalavrArdente

SILVES, outrora capital do Algarve, hoje, capital da Palavra Ardente 

terça-feira, julho 12, 2005

3:40 da tarde - Erasmo de Roterdão ( 1466-1536)

...
"Comparemos o destino de um sábio com o deste louco. Imaginai um modelo de sabedoria para o confrontar, um homem que tenha esbanjado a infância e a juventude a aprender, que tenha desperdiçado a parte mais feliz da sua vida em intermináveis noites de vigília, labuta e cuidados, sem que alguma vez tenha saboreado uma gota de prazer. Foi sempre frugal, pobre miserável, irascível, severo e duro para si próprio, desgradável e impopular para os outros, pálido e magro, doentio e de olha turvo, precocemente grisalho e senil, desgastado e votado a uma morte prematura. Mas que diferença faz a morte de uma pessoa assim, se nunca chegou a viver? Eis, pois um excelente retrato de um sábio"
....



Erasmo de Roterdão*


in " O elogio da loucura"
pag 55
edit. Sporpress
tradução de Fernando Dias Antunes


*Desidério Erasmo nasceu em Roterdão. Era filho ilegítimo de um sacerdote holandês, sendo educado pelos padres agostinhos. Estudou Teologia na Holanda e Paris, tendo-se doutorado em Turim. Foi um dos grandes expoentes do humanismo renascentista defendendo o livre-arbitrio.Viveu em várias cidades de França, Inglaterra, Itália e Flandres. Em Inglaterra, onde foi hospede do humanista Thomas More, escreveu a sua mais conhecida obra, o Elogio da Loucura.



Enviar um comentário

© PalavrArdente 2005 - Powered for Blogger by Blogger Templates



Free Hit Counter