<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d12697588\x26blogName\x3dPalavrArdente\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://palavrardente.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://palavrardente.blogspot.com/\x26vt\x3d9091287933922860388', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
PalavrArdente

SILVES, outrora capital do Algarve, hoje, capital da Palavra Ardente 

quarta-feira, julho 06, 2005

12:25 da manhã - Mãe, a chuva é tão leve


Posted by Picasa
Cai uma chuva de leve
ó Mãe, deixa-me ouvi-la,
som bom de água que ferve;
minha aldeia já foi vila.
E a chuvinha continua...
Brilham vermelhos telhados
nos regatos rumo à lua
vão barcos meio afundados.
Mãe, a chuva é tão leve
ai, Mãe, deixa-me ouvi-la!
Quem não tem ai, mas já teve,
minha aldeia já foi vila.
Sou sonhos, visões, imagens,
cai a chuva, zune o vento
sou saudade nas viagens
que faço no pensamento.
Minha Mãe, deixa-te estar
comigo aqui à lareira
como outrora eu a espreitar
se já ferve a cafeteira.
E depois o sonho vinha
nos teus joelhos. Que bom
que é da história da Rainha...
e dum certo, um certo Dom?...
E a chuvinha continua...
Brilham vermelhos telhados
nos regatos rumo à lua
vão sonhos meio afundados.

António Simões, in "Ainda, uma folha de poesia ilustrada",
número único, coimbra, 1958
( Visto pela Comissão de Censura )


Enviar um comentário

© PalavrArdente 2005 - Powered for Blogger by Blogger Templates



Free Hit Counter