<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d12697588\x26blogName\x3dPalavrArdente\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://palavrardente.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://palavrardente.blogspot.com/\x26vt\x3d9091287933922860388', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
PalavrArdente

SILVES, outrora capital do Algarve, hoje, capital da Palavra Ardente 

sábado, julho 09, 2005

11:28 da manhã -




Romance LVII
ou
Dos Vãos Embargos


"Este é o homem loquaz
e sem reputação,
sem créditos nem bens
que o tornassem capaz
de semelhante ação.

Só por indiscrição,
quiméricas idéias
proferiu - sem escolha
de tempo ou de lugar,
- e pela condição
de temerário insano
que se deve perdoar.

Pois assim reza a lei
desses imperadores
Teodósio, Arádio, Honório,
- quanto àqueles que vão
maldizendo do rei
por fúria da razão.

Ficava para trás,
por sério e desvalido,
em toda promoção.
Era um homem loquaz,
e quis fazer das Minas
uma grande nação."

(Ninguém faz o que quer.
Ninguém sabe o que faz.
E os culpados quem são?)

CECÍLIA MEIRELES ( Rio de Janeiro, 1901/1965)


Romanceiro da Inconfidência
Cecília Meireles
Círculo do Livro S.A, 1975



Anonymous Francis Utéza said...

Esse texto contêm um erro que aliás todas as edições do Romanceiro repetem: nunca existiu um tal Arádio, mas sim Arcádio, filho do imperador Teodosio e irmão de Honório...

Cordialmente

francis  


Enviar um comentário

© PalavrArdente 2005 - Powered for Blogger by Blogger Templates



Free Hit Counter